Complemento Reforma

 

O PROBLEMA DA SEGURANÇA SOCIAL NO NOSSO PAÍS TEM LEVADO A QUE MUITAS PESSOAS E EMPRESAS CONSTITUAM OS SEUS PLANOS COMPLEMENTARES DE REFORMA

O Regime Geral, actualmente em vigor, proporciona a um trabalhador que descontou durante quarenta anos, uma média de 74% do último salário, o que significa que para a generalidade dos cidadãos a vida pós-activa traduzir-se-á em graves problemas de carácter financeiro..

Nesta perspectiva, cada contribuinte deverá constituir a sua própria poupança através de Planos Complementares de Reforma, de maneira a complementar a Pensão do Estado.

Desta forma o Complemento Reforma oferece um Plano extremamente atractivo, para Empresas de pequena, média ou grande dimensão de igual forma, seguramos praticamente todos os sectores de actividade, garantindo aos seus trabalhadores um Capital Final ou Renda Vitalícia.